Você sabe como classificar suas operações de câmbio corretamente?

Por B2gether

Revisado por Evelyn Gomes

O processo de enquadramento das naturezas cambiais sofreu alterações. Desde o dia 1º de novembro de 2023, entraram em vigor novos códigos de classificação das operações de câmbio, conforme a Resolução 337, publicada pelo Banco Central (BC). 

A novidade impacta a rotina financeira das empresas do agronegócio que realizam transferências internacionais. Continue a leitura e entenda!

Menos códigos cambiais e mais praticidade

Com a nova normativa, o BC promoveu uma redução de 45% na quantidade de códigos de classificação das operações de câmbio com valor superior a 50 mil dólares: foi de 174 a 95.

Trata-se de uma medida que visa desburocratizar os processos cambiais e torná-los mais ágeis e eficientes. A seção das operações de comércio exterior (importações e exportações), por exemplo, foi uma das que mais sofreu alterações.

Responsabilidade de classificar as operações cambiais

A Resolução BCB 337 traz mudanças importantes no Novo Marco Cambial, menos na responsabilidade pela classificação correta das transações internacionais, que passou a ser dos clientes (empresas que fecham câmbio) e não mais apenas das instituições financeiras, responsáveis pela intermediação.

Essa prerrogativa permanece vigente. Com isso, aumenta a importância das empresas se manterem antenadas em relação às mudanças nos códigos cambiais, para enquadrar as naturezas das operações de forma correta.

Novos códigos cambiais em um único lugar

Considerando essa necessidade por parte das empresas, a B2Gether, que é especializada em intermediar transferências internacionais, criou um Guia Fundamental para Classificação das Operações de Câmbio.

O e-book é gratuito e reúne, em um só lugar, todos os códigos cambiais atualizados. A publicação tem como base as Resoluções 277 e 337, que regulamentam o Novo Marco Cambial, bem como as Notas Auxiliares do Banco Central.

No Guia, todos os códigos são acompanhados de exemplos descritivos e detalhados com as operações que se enquadram em cada campo.

Assessoria cambial para classificação das operações de câmbio

O material da B2Gether faz parte do projeto de assessoria cambial oferecido pela B2Gether. Especializada e sem nenhum custo, a consultoria é voltada para negócios que realizam transferências internacionais de qualquer natureza, bem como para as pessoas que fecham câmbio.

Uma assessoria cambial faz muita diferença no dia a dia dos fechamentos das operações cambiais. Além da otimização de tarefas burocráticas, você consegue focar nas estratégias do seu negócio. Sem contar que suas transações ficam mais seguras e menos custosas.

Guia da B2Gether pode ser baixado gratuitamente

Para baixar o Guia Fundamental para Classificação das Operações de Câmbio, basta você clica no link https://lp.business2gether.com/guia-para-classificar-operacoes-de-cambio

Caso você queira falar diretamente com algum analista de câmbio da B2Gether, você pode também enviar uma mensagem para o e-mail atendimento@business2gether.com ou para o WhatsApp: (11) 99162-3813.

Categorias: